O Governo da Bahia aceitou proposta apresentada para construção de hotel

O Governo da Bahia aceitou proposta apresentada pelo grupo português Vila Galé para construção de hotel e “empreendimentos nas áreas circunvizinhas” na área que hoje abriga o Palácio Rio Branco, antiga sede do governo baiano, localizado na Praça Municipal, em Salvador. A informação foi confirmada a imprensa pelo titular da Secretaria de Turismo do Estado Fausto Franco.

À reportagem, Franco afirmou que a proposta ainda está em tramitação, já que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) pediu ajustes no projeto – a área do palácio é tombada. “Os ajustes estão sendo feitos, mas isso depende de liberação do Iphan e de regulação de órgãos estaduais. Mas está tudo dentro dos trâmites da burocracia de estado, ocorrendo dentro do prazo previsto”, disse.

Ele também não entrou em detalhes sobre o que propôs o Vila Galé, limitando-se a dizer que as próximas etapas da transformação do prédio histórico em hotel serão divulgadas nos próximos meses. Ainda de acordo com o titular da pasta, o palácio continuará aberto para visitação gratuita do público. A famosa galeria dos governadores passará por obras, custeadas pelo grupo português

Agora Pernabuês