WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
policlinica itabuna

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  



Estrada alternativa facilita o acesso de estudantes do IF Baiano em Uruçuca

Um caminho seguro para os alunos que residem nas proximidades do Campus

Na Bronca e como forma de se protegerem contra a violência urbana, estudantes do Instituto Federal Baiano do Campus de Uruçuca, criaram uma estrada alternativa que chega a reduzir em mais de mil metros o caminho de acesso ao Campus. Os autores da iniciativa são alunos que residem bem próximo ao estabelecimento de ensino, e que asseguram está em menos de cinco minutos no pavilhão central, onde se encontra as salas de aulas, biblioteca e outros setores do instituto.

A estrada alternativa veio para facilitar a vida dos estudantes, e os protegerem de assaltos e outros tipos de violências, pois deixam de percorrer um longo trecho pela rodovia estadual de Uruçuca para Ilhéus. Uma pista que é totalmente escura, e que durante a noite o trecho é extremamente perigo, que é de conhecimento da direção do Campus local. A estrada alternativa têm menos de trinta metros, e serve aos alunos República Xamã e República Primavesi.

Instituto Federal Baiano do Campus de Uruçuca

14 respostas para “Estrada alternativa facilita o acesso de estudantes do IF Baiano em Uruçuca”

  • Deoclides Fernandes Ferreira says:

    Tem que liberar esta estrada.

  • Fernanda Costa says:

    Um absurdo a direção geral permitir acessos clandestinos em área federal. Esse acesso irregular é perfeito para pessoa com más intenções. Deixa a escola vulnerável. Só o IFBA campus Uruçuca para ser conivente com um negócio desses. A comunidade interna não colabora com a segurança da escola. Depois reclama!!!!

  • José Souza says:

    Estudantes??? Cadê a comissão disciplina? Isso pode, Arnaldo?? Não há mais ordem. Uma instituição de tanto orgulhou o município agora entregue as moscas.

  • Luisa Oliveira Paes says:

    O site deveria se informar com a Direção Geral antes de postar notícias absurdas. Ninguém pode abrir acessos clandestinos e ser enaltecido por isso. Absurdo!!

  • Cláudio Santos says:

    Sou a favor da liberação para esses estudantes e os enalteço pela luta. Afinal,grandes batalhas, só foram vencidas depois que alguns sujeitos dispostos a lutar, quebraram alguns paradigmas. Todo o meu apoio.

  • Laina Luiza says:

    Imagino a insegurança de andar por uma rua sem segurança, sujeita aos assédios de pessoas desconhecidas que estão dentro dos seus caros sem se incomodar se é estudante ou não, acredito que devem olhar para os estudantes e suas dificuldades, um caminho de acesso com mais segurança e perto das salas de aula é o ideal.

    Será que as pessoas que estão contra os estudantes, pensam que sem eles não tem instituição?

  • Vinicius de Oliveira says:

    Meus pais estudaram na antiga emarc, que hoje é o IF Baiano campus uruçuca e eles me disseram que essa vila onde tem essas repúblicas antigamente tinha servidores e que todos eles passavam por esse caminho que era em frente ao pavilhão do médico, onde acho que é sala de aula hoje! Se a mais de 30 anos já tinha esse caminho, por que agora querem dizer que é clandestino?
    Legalize já…

  • André luiz says:

    Olá a todos vcs tem que entender que o motivo desse post é regularizar essa entrada, pois andar 1km podendo andar 200mt é uma boa opção né? Digo sim a estradinha do IF!

  • Daniel Mendes da Rocha says:

    O lance aí era a direção organizar essa entrada e não ser mais clandestina já que beneficia o aluno.

  • Lucas Ferreira says:

    Quem tá comentado não ta na pele de quem tem que fazer um trajeto perigoso, de correr o risco de sofrer um assalto ou de roubado a mão armada, de uma aluna ser estrupada, só quem passa pela entrada que liga as residencias ao Instituto sabe o que ela representa para quem ta esquecido do outro lado, o campus mesmo já não tem nenhuma segurança, afinal a biblioteca foi roubada na cara da segurança e não aconteceu nada, julgar é a coisa mais que tem, agora se colocar no lugar do outro ninguém pensa, ali corremos o risco de ser atropelado ou de uma das discentes ser pega e estrupada, eai quem vai pagar o pato depois?? So quem faz aquele percurso sabe o que passa qndo vem um carro preto e amortece bem perto de vc, aprendam a se colocar no lugar dos demais.

  • Joao says:

    Mas, Acessos que facilitam a locomoção do público externo e interno, sempre é bem vindo.No entanto, cabe a observação as legislações correspondentes.

  • Rafael says:

    Acho, que as pessoas que estão descriminando a estrada não passa pelas mesmas dificuldades que os alunos passam devido a falta de infraestrutura e o descaso aos alunos. Acho que essa estrada ela só veio a somar ao instituto e contribuir com a segurança dos alunos. Pesso que coloque a mão na consciência e que adiquira sensibilidade com o próximo

  • Rodolfo says:

    Engraçado, estão preocupados com a estrada? Interessante! Mas ninguém se preocupa com a limpeza do instituto e muito menos com as casa dos estudantes que está com o teto quase caindo em suas cabeças.

  • Jefferson Vinicius Bomfim Vieira says:

    O objetivo da estrada de acesso é basicamente ajudar os estudantes das repúblicas, o local faz parte do instituto e quem não quer apoiar essa luta não está se colocando nem no lugar dos estudantes nem no lugar dos familiares destes. É um pequeno acesso que não deixa a instituição vulnerável, pois BANDIDO não escolhe lugar movimentado para roubar, eles vão é por dentro do mato pelos locais onde ninguém vai velos passando. Todo lugar do instituto federal baiano campus Uruçuca está sujeito ao acesso de outros, até por que recentemente a biblioteca do campus foi furtada bem na frente dos seguranças na portaria, anos antes ouve rouba de carne do refeitório e outros frutos em outros setores. A estrada de acesso a vila universitária aproxima este local da administração do instituto, sendo ainda fundamental para o futuro desenvolvimento do campus que irá criar novos cursos superiores e com mais demanda de alunos, querer acabar com esse acesso que já existe a anos, sendo anterior até mesmo aos cursos superiores que estão vigentes no momento, é isolar mais ainda este espaço que tem uma boa estrutura física além de ter 5 casas, garagens para cada uma das casas, posso artesianos e espaço de lazer.

    Segue alguns links de trabalhos acadêmicos científico referente as residências universitárias:

    https://www.even3.com.br/anais/stctlitoralsulbaiano2018/125497-residencias-universitarias-para-estudantes-em-vulnerabilidade-social/

    https://www.even3.com.br/anais/stctlitoralsulbaiano2018/125948-residencias-universitarias-como-espacos-multiculturais/

    https://www.youtube.com/watch?v=t8haNhlYQPQ

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia