A realização de um grande mutirão de limpeza de Itabuna, a partir da próxima segunda-feira, dia 03, está sendo anunciado Augusto Castro. “Estamos mobilizando um grande aparado, formado por agentes das secretarias municipais de Desenvolvimento Urbano, de Saúde, de Promoção Social, da Defesa Civil, da Guarda Civil Municipal. Serão dezenas de caçambas, carros-pipas, tratores e retroescavadeiras com o objetivo de, além de continuar levando auxílio aos moradores, recolher lixos e entulhos acumulados pela chuva”, acrescentou o prefeito.

Na manhã deste sábado, dia primeiro, Augusto Castro conversou o Blog do Bené. Por telefone, de sua residência, onde se recupera de uma virose gripal, o prefeito afirmou em sua primeira entrevista de 2022 que está mantendo contatos com o tenente-coronel Manfredo Santana, comandante do 4.º Grupamento de Bombeiros Militares, sediado no município, e com o vereador Erasmo Ávila, presidente da Câmara de Itabuna. Estamos mobilizando também as associações de moradores, que exercem a função de intermediar as necessidades dos moradores dos bairros”, disse.

“Hoje em Itabuna tudo é prioridade. Mas, é hora da reconstrução. O comércio tem que voltar a funcionar as residências, nos bairros afetos pelas chuvas, devem ser reconstruídas. Por isso, nós vamos realizar um mutirão da limpeza e serviços de manutenção em geral, por meio de uma ação integrada entre todas as Secretarias. Será elaborado um cronograma, bairro por bairro, rua por rua, executando os serviços emergenciais”, afirmou Augusto Castro.

Na manhã deste sábado, dia primeiro, o Blog do Bené visitou seis bairros itabunenses atingidos pelas inundações, além circular por toda a extensão das avenidas Cinquentenário e Aziz Maron. Apesar da ação das equipes da Superintendência de Serviços Públicos da Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo, o cenário físico desolador. O odor é muito forte, em função da deterioração de material perecível. A lama ainda está em algumas ruas e dentro de casas. O Blog observou um misto de tristeza e revolta por parte da quase totalidade dos moradores. É grande a desesperança deles e a autoestima está muito baixa.

Também neste sábado, o superintendente de Serviços Públicos, Sousa Lino, fez um balanço das ações para a limpeza e remoção de entulhos em quinze bairros, dentre eles Mangabinha, Bananeira, Ferradas, Nova Ferradas, Nova Itabuna, Conceição, Sarinha Alcântara, Gogó da Ema, Urbis IV, Rua de Palha e Vila Anália. “Fizemos a retirada média de duzentos e cinquenta caçambas de materiais inservíveis e já totaliza 1.015 viagens até ontem”, afirmou.

Na operação estão sendo empregados mais de trezentos homens, 45 caçambas, catorze retroescavadeiras, duas pás-carregadeiras e quase uma dezena de caminhões carga seca. Segundo Souza Lino, com o suporte de carros-pipa, as equipes já fizeram a lavagem e sanitização das avenidas Cinquentenário, Princesa Isabel e Beira-rio, mas todos os bairros que sofreram inundações também terão atenção para evitar a proliferação de doenças.  Estão sendo aplicados produtos à base de cloro e desinfetantes para mitigar os maus odores deixados pelas águas contaminadas do Rio Cachoeira.

Na quinta-feira passada, a Emasa fez a remoção de resíduos da enchente do rio Cachoeira na Urbis IV e a sanitização de ruas lavadas com hidrojato. A ação, executada pela Gerência de Saneamento, visou prevenir a proliferação de doenças causadas por vetores águas contaminadas, roedores, insetos e aracnídeos.

Fonte: Blog Benè