Com Dom Sérgio, Jerônimo destaca princípios em comum entre Estado e Igreja

Foto: Divulgação

“O papel da Igreja neste momento coliga muito forte com a atual situação de dificuldade que as pessoas vivem, e muitas apelam a ela um amparo espiritual. O Estado brasileiro precisa resolver questões como o desemprego, que gera sofrimento nas pessoas, e isso não é papel da Igreja, mas ela tem um papel fundamental no acolhimento”, defendeu o pré-candidato a governador do estado pelo PT, Jerônimo Rodrigues, após encontro, na manhã desta sexta-feira (17), com o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Sergio da Rocha.

A visita ao cardeal, na Cúria Metropolitana da Arquidiocese de Salvador, no bairro do Garcia, contou também com as presenças dos senadores Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD), pré-candidato a renovar seu mandato no Senado, além do vereador da capital baiana, Henrique Carballal, e do superintendente da SDR, Yulo Oiticica, ambos ligados à comunidade católica baiana.

 

“O que norteia e padroniza nossa relação são os princípios. Não estamos pedindo que a Igreja assuma um lugar de palanque, de partido, mas de princípio, e o princípio da Igreja é combater a fome, buscar condições de vida melhor, de teto, terra, trabalho e emprego e, naturalmente, esses pontos que nos unem precisam sempre ser alimentados e animados para que o nosso diálogo sempre possa existir com tranquilidade”, defendeu Jerônimo.